Crime que chocou

Exclusivo: Jaquinha diz em entrevista que morte de Enzo acabou com a vida dele e da mulher

Ele conversou com o Site Eu Vi em Linhares na manhã desta segunda-feira (12).

12/08/2019 14h54Atualizado há 4 meses
Por: Redação

O garotinho que parece sorrindo na areia da praia, é Enzo Gabriel Ribeiro, que tinha 4 anos, e foi morto a tiros no último sábado  (10), quando o pai dele, Jaques de Jesus Ferreira, 23 anos; e a mãe, Aline Ribeiro De Nardi, de 24 anos, foram baleados em uma casa em construção, em Guarapari.  O crime repercutiu, e como a família já morou e tem parentes em Linhares, a morte do menino também chocou o município (Confira a manchete clicando aqui).

Desde o momento em que a nossa Redação recebeu dados de que o garotinho tinha parentes em Linhares, buscamos uma maneira e conseguimos um intermediário para sabermos o que teria provocado a tragédia em família.

Jaquinha, como é conhecido Jaques de Jesus Ferreira no bairro Aviso, não se conforma com a morte do filho, e disse que a mãe do menino ainda não sabe que a criança morreu. Ele autorizou a publicação da foto do menino (cena em uma praia de Guarapari, há aproximadamente um mês), e quando a enviou fez a seguinte legenda: “Ele acabou com a vida minha e da minha mulher. Nós vivíamos para o Enzo, queríamos tudo de bom para ele. O que nós fazíamos para ele, ele devolvia em forma de amor. Saber que não vamos mais ter o carinho, é difícil”.

Foi difícil o contato com Jaquinha, pois o pai do menino  teme ser localizado. Contudo, conseguimos uma pessoa que intermediou as perguntas e respostas, mas nem todas as perguntas foram respondidas. Jaquinha confirmou que era ele o alvo do assassino. As respostas que conseguimos, você confere abaixo:

Qual o motivo de alguém ter ido até você e fazer o que fez?
O motivo é que em 2013 tive uma contenda com meu cunhado, atirei nele porque ele me roubou. Paguei pelo meu ato, fiquei  preso, saí de alvará, e como ele era casado com minha irmã, ele falou que não queria mais problema.

Seu filho nasceu em Linhares? O que vocês estavam fazendo em Guarapari?
Meu filho tinha 4 anos tinha, tudo pela frente, nasceu em Aracruz, e fui pra Guarapari para dar uma vida melhor pra minha família.

Você estava trabalhando de pedreiro no local do crime, ou a casa que construía era para a sua família?
Comprei o lote e comecei a fazer a casa, pois no meu pensamento um dia eu ia morrer, mas meu filho ia ter a casa dele. Quando subíamos  para o lote ele ficava tão feliz, mas o diabo é traiçoeiro.

Você pode contar como foi o momento que a pessoa chegou e atirou?
Ele (não vamos citar nome) chegou,  só que em vez de atirar em mim, quando eu  estava de cabeça baixa, ele atirou entre minha mulher e meu filho.

Mas você correu mesmo após ver sua mulher e seu filho feridos?
Quando minha mulher me avisou, ele atirou em meu braço, corri porque no meu pensamento, se eu era o alvo, ele viria atrás de mim, e nada aconteceria com meu filho e minha mulher, mas não foi isso que aconteceu. Ele desferiu outro  disparo na minha mulher, quando minha mulher começou a gritar pelo meu filho, entrei em desespero pedindo ajuda pelo meu filho, e quando subi de volta, ela também  estava baleada e desmaiada.

E depois?
Naquele momento pensei: perdi minha família. Foi tudo muito rápido e até então eu nem sabia quem tinha feito aquilo. Desci pra minha casa, avisei sobre o ocorrido pro dono da casa onde morávamos; e quando voltei, a Aline tinha acordado e entrei e conversei com ela.

E o seu filho?
Fui ver meu filho, e meu garoto já estava sem vida. As pessoas falaram para não falar pra Aline que tínhamos perdido nosso menino. Então, voltei e perguntei se ela viu quem atirou, e ela disse que viu que era ele (não vamos citar nome).

Velório de Enzo
Jaquinha limitou-se a contar o que publicamos acima. Nossa fonte disse que o corpo de Enzo ainda está no DML, em Vitória, o que foi confirmado. O velório seria em uma igreja evangélica, em Nova Colatina, Jacupemba, município de Aracruz. A data ainda não está definida, pois a família espera que a mãe do menino saia do hospital. O sepultamento será  no Cemitério de Jacupemba. 

5comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
VEJA TAMBÉM
Ele1 - Criar site de notícias